Michelle Obama fala sobre fake news de Trump: “Colocou minha família em risco”

Michelle Obama posa para a capa da revista americana Elle (Foto: Reprodução/Instagram)Michelle Obama posa para a capa da revista americana Elle (Foto: Reprodução/Instagram)

Capa de dezembro da revista americana “Elle”, Michelle Obama falou sobre os temas espinhosos que abordou em seu recém-lançado livro de memórias, “Becoming”. A ex-primeira dama não deixou de fora Donald Trump, a vida humilde que teve antes do sucesso e a pressão de ser a primeira família negra na presidência dos Estados unidos.

“Nós tínhamos uma vida humilde, mas completa”, disse a ex-primeira dama sobre sua juventude. “[Nossos pais] investiram tudo nós. Minha mãe não ia ao cabeleireiro. Ela não comprava roupas novas para ela. Meu pai trabalhava em turnos. Eu podia vê-los se sacrificando por nós”.

Uma vez no poder, Michelle falou sobre a pressão para ser a primeira família negra a ocupar a Casa Branca. “Nós sentimos a pressão desde o primeiro minuto em que começamos a concorrer”, disse. Mas antes, contou, precisavam convencer os negros de que algo assim poderia acontecer.

Na entrevista, feita por Oprah Winfrey, Michelle menciona ainda uma fake news de Donald Trump a respeito de Obama –quando o atual presidente disse que seu antecessor não havia nascido nos EUA.

“Para ele era um jogo. Mas as ameaças que você enfrenta como presidente são reais. E suas crianças estão em risco”, relatou. “Pensar que uma pessoa enlouquecida poderia ser levada a imaginar que meu marido era uma ameaça à segurança do país […] é algo que quero que o país entenda. Foi imprudente, colocou minha família em perigo, e não era verdade. E ele sabia que não era verdade”.

Michelle continuou dando exemplo de como as ameaças eram verdadeiras. “Um tiro atingiu na Sala Amarela [dentro da Casa Branca] durante nosso mandato. Um lunático chegou e atirou”, contou. “A bala atingiu o canto superior esquerdo de uma janela. Eu vejo até hoje: a janela da Varanda Truman, onde minha família se sentava. Esse era realmente o único lugar onde poderíamos ter espaço ao ar livre. Felizmente, ninguém estava lá fora na época. O atirador foi pego. Mas eu tive que ver aquele buraco de bala como uma lembrança do que vivíamos todos os dias.

Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos SPFW Revista Epoca Vogue Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Melhores Agencias de modelos do Brasil Agencias de Modelos do Brasil Linksweb Neoplanos Agentes do Alem 3ICAP Premio de Moda AnuarioTI Governo Estadão – Caderno de Moda Beleza, Moda e Agencias de Modelos do Brasil Mural Fashion ID Porto Alegre Fashionlines Balenciaga Pebblebeb Sweetyus O Povo Hubblo Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Agencias de Modelos e Top Models UOL Estilo G1 Moda Jornal O Globo Folha S.Paulo Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL , LEQUIPE AGENCE, Way Model

Sônia Nascimento faz parte da história do empoderamento negro

Em abril, o instituto fez 30 anos. O nome Geledés reverencia o poder feminino das deusas, na cultura ioruba. É uma ong feminista, sim, combate o sexismo e a objetificação da mulher. Mas com seu vigoroso fôlego briga por uma sociedade justa. Sem exceção, todos os avanços recentes que pretos e pardos conquistaram têm o empurrão do Geledés – e da advogada Sônia Nascimento, 66 anos, parceira da filósofa Sueli Carneiro na fundação da organização sediada em São Paulo. A dupla começou antes. Era o ano de 1972, ditadura militar, quando se conheceram trabalhando na Secretaria da Fazenda. Sônia ia ao clube dos negros, gostava na música negra, mas ainda não havia politizado o discurso. “Sueli já falava da necessidade de criarmos um grupo para discutir os problemas específicos da raça, o preconceito, as dificuldades que para nós eram muito maiores”, lembra. 

Sônia Nascimento (Foto: Silvana Martins)Sônia Nascimento (Foto: Silvana Martins)

O raciocínio fazia sentido. Sua mãe ficou viúva aos 22 anos, pôs no colo a caçula de 6 meses, deu a mão para Sônia, então com 1 ano e meio, e as levou a um internato, para ela poder trabalhar. Uma freira ia conduzindo as crianças portão adentro, mas a mulher, arrependida, arrancou as filhas, dizendo: “Elas estarão junto de mim onde eu comer e dormir.”

Empregou-se como cozinheira em um setor da Santa Casa de Misericórdia que abrigava bebês rejeitados pelos pais e criou as filhas ali. Exigia que estudassem muito por acreditar que negras só se emancipam com diploma. Aos 16 anos, Sônia recebeu da mãe folhetos de dois candidatos pretos às eleições. Ouviu: “Não conheço. Mas vamos ajudá-los a ganhar, e eles socorrerão os negros, depois”.

Choro pra valer quando vejo na rua essa garotada linda, com seus cabelos enormes, batendo no peito: ‘Sou preta, sim, com orgulho’. Elas sabem o que querem, andam com a autoestima lá em cima. Eu penso: ‘Tenho parte no empoderamento dessas meninas’

Sônia formou-se em direito. Na Ordem dos Advogados do Brasil entrou na comissão da mulher e ia à periferia dar cursos sobre direitos humanos. Acabou conhecendo o projeto de promotoras legais populares, levou a prática para o Geledés e segue capacitando interessadas em atuar nessa função e em tudo mais que empodera os negos.

O impacto do trabalho do instituto: em 1989 o racismo virou crime passível de prisão. “Muito antes, vínhamos discutimos o que queríamos colocar nesta lei, tentando influenciar deputados”, conta. A criação da primeira delegacia de crimes raciais também tem o dedo do Geledés. O mesmo aconteceu na elaboração do Estatuto Racial (2010) e na criação da Lei das Cotas (2012), que dá aos negros acesso às universidades. “Cotas ainda são muito combatidas. Para nós é questão de honra mantê-las”.

O Portal do Geledés fala recorrentemente delas entre inúmeros outros conteúdos sobre negritude, que são reproduzidos por milhares de blogs, discutidos nas escolas e universidades. “Isso me emociona. É a sensação de dever cumprido”, diz a finalista da categoria Sociedade Civil.

Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos SPFW Revista Epoca Vogue Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Melhores Agencias de modelos do Brasil Agencias de Modelos do Brasil Linksweb Neoplanos Agentes do Alem 3ICAP Premio de Moda AnuarioTI Governo Estadão – Caderno de Moda Beleza, Moda e Agencias de Modelos do Brasil Mural Fashion ID Porto Alegre Fashionlines Balenciaga Pebblebeb Sweetyus O Povo Hubblo Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Agencias de Modelos e Top Models UOL Estilo G1 Moda Jornal O Globo Folha S.Paulo Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL , LEQUIPE AGENCE, Way Model

Maquiagem para pele negra: da base ao batom nude, saiba como escolher a sua

Daniele Da Mata é maquiadora profissional especialista em pele negra (Foto: Divulgação)Daniele Da Mata é maquiadora profissional especialista em pele negra (Foto: Divulgação)

Uma das maiores dúvida das mulheres de pele negra quando o assunto é maquiagem é: como escolher uma base. “É a pergunta que eu mais ouço”, disse Daniele da Mata,  maquiadora profissional, que conversou para tirar dúvidas e dar muitas dicas sobre o tema.

O primeiro passo é encontrar seu subtom de pele. “Essa é uma informação que as meninas não sabem muito, se você encontra o seu subtom, você acha sua base ideal”, explica Dani.

O subtom de pele é dividido em amarelo, vermelho e azul, que define se sua pele é quente ou fria. “As mulheres negras brasileiras tendem a ter a pele mais para o amarelo e vermelho, mas isso depende muito de região para a região; em Salvador e Sul de Minas, por exemplo, muitas costumam ter o subtom frio”, diz a maquiadora.

Para escolher a base certa para a pele negra você tem que descobrir seu subtom (Foto: Unsplash)Para escolher a base certa para a pele negra você tem que descobrir seu subtom (Foto: Unsplash)

Se você não sabe o subtom, a dica da Dani é observar as pessoas da sua família. “Tem índio, pessoas de pele retinta, de qual região da África seus avós vieram… isso ajuda muito. Outra dica é ir na loja e testar tudo para observar qual tom vai desaparecer entre o seu queixo, o pescoço e colo”, explica Dani. E na hora de testar, nada de passar a base na mão ou no braço, o teste deve ser feito direto no rosto.

Agora que você sabe isso, qual a única coisa que a mulher de pele negra deve evitar? base mais clara. “Porque deixa a pele mais acizentada e qualquer coisa que você coloca em cima fica pior”, diz Dani.

“A mulher negra pode usar tudo”, diz a maquiadora profissinal Dani Da Mata (Foto: Unsplash)

A maquiadora chamou atenção para um componente presente na maquiagem. “Tem que tomar cuidado com um componente que é o titânio, ele é um corante branco que estoura em todas as peles, então quanto mais tiver, mais ele vai evidenciar na pele negra. Não vai vir escrito ‘não use titânio’, mas só de você esfregar, já vai dar para perceber se o amarelo é de verdade, tipo um ocre, ou ele é meio esbranquiçado, que aí não vai servir para pele negra”, afirma Dani.

E O CORRETIVO?

Se você encontrou sua base, vai encontrar o corretivo, o pó, iluminador, blush, tudo!
“Existem três tipo de corretivo: de iluminação, de camuflagem, que deixa com cara de bonita só, e o que neutraliza, que são aqueles coloridos que esconde manchas e espinhas”, diz Dani.

A maquiadora Dani conta que para o dia a dia é melhor evitar a sombra prata (Foto: Reprodução / Instagram)A maquiadora Dani conta que para o dia a dia é melhor evitar a sombra prata (Foto: Reprodução / Instagram)

PRATA OU DOURADO?

“Prata está proibido para qualquer ser humano”, brinca ela. “É difícil de trabalhar em maquiagem social, que é a do dia a dia. Quando é passarela ou publicidade, ela funciona porque você consegue direcionar as luzes para aquele olho e tonalidade, quando não tem isso, a sombra prata não dá textura para o olho, fica uma cor chapada”, explica.

Para exemplificar quando o uso da sombra prata cai super bem, Dani lembrou do clipe de “I Like That” da cantora Janelle Monáe. “No dia a dia o melhor é usar pratas com misturinhas de marrom, para a pele negra é melhor, não deixa de ser prata, mas se aproxima ao tom da pele”, diz Dani.

O dourado fica bonito na pele negra porque é do subtom. “Por isso que é incrível, mas tentamos sair um pouco disso e usar outras cores. Tem muitas meninas negras que não usam sombra marrom, mas devemos usar sim. Todas as cores são possíveis, desde que você esfume bem e use uma de acordo com seu subtom de pele”, conta Dani.

BATOM NUDE PODE?

O subtom vai definir qual o batom nude certo para a pele negra. “É só você respeitar a cor do seu lábio, você pode fazer um contorno, deixar mais rosado ou vermelho, mas o ideal é respeitar a cor da sua boca”, explica Dani.

A mulher negra pode usar tudo, resume. “Não existe uma regra, para mim influencia o humor e a roupa que eu estou, mas temos que nos permitir testar, entrar em uma loja e ousar”.

Dani tem uma escola de maquiagem especializada em pele negra, a DaMata Make UP (Foto: Divulgação)Dani tem uma escola de maquiagem especializada em pele negra, a DaMata Make UP (Foto: Divulgação)

HIDRATAÇÃO JÁ!

Professora na escola DaMata Make UP, Dani diz que o que as mulheres negras devem fazer é hidratar a pele. “A pele negra tende a ser mais oleosa e é um benefício que a gente tem, dá um viço bonito e não vai envelhecer tão rápido“, diz.

A maquiadora aconselha a controlar a oleosidade em áreas-chave. “Geralmente o nariz, testa e queixo, e deixar o brilho natural nas outras áreas. A gente ficou tão acostumada a usar produtos matte que parece que não hidratamos a pele. Você pode ficar seca, mas tem que usar hidratante.”

A pele negra também precisa de hidratação, use produtos hidratantes e água termal (Foto: Reprodução / Instagram)A pele negra também precisa de hidratação, use produtos hidratantes e água termal (Foto: Reprodução / Instagram)

Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos SPFW Revista Epoca Vogue Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Melhores Agencias de modelos do Brasil Agencias de Modelos do Brasil Linksweb Neoplanos Agentes do Alem 3ICAP Premio de Moda AnuarioTI Governo Estadão – Caderno de Moda Beleza, Moda e Agencias de Modelos do Brasil Mural Fashion ID Porto Alegre Fashionlines Balenciaga Pebblebeb Sweetyus O Povo Hubblo Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Agencias de Modelos e Top Models UOL Estilo G1 Moda Jornal O Globo Folha S.Paulo Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL , LEQUIPE AGENCE, Way Model

Maquiagem para pele negra: da base ao batom nude, saiba como escolher a sua

Daniele Da Mata é maquiadora profissional especialista em pele negra (Foto: Divulgação)Daniele Da Mata é maquiadora profissional especialista em pele negra (Foto: Divulgação)

Uma das maiores dúvida das mulheres de pele negra quando o assunto é maquiagem é: como escolher uma base. “É a pergunta que eu mais ouço”, disse Daniele da Mata,  maquiadora profissional, que conversou para tirar dúvidas e dar muitas dicas sobre o tema.

O primeiro passo é encontrar seu subtom de pele. “Essa é uma informação que as meninas não sabem muito, se você encontra o seu subtom, você acha sua base ideal”, explica Dani.

O subtom de pele é dividido em amarelo, vermelho e azul, que define se sua pele é quente ou fria. “As mulheres negras brasileiras tendem a ter a pele mais para o amarelo e vermelho, mas isso depende muito de região para a região; em Salvador e Sul de Minas, por exemplo, muitas costumam ter o subtom frio”, diz a maquiadora.

Para escolher a base certa para a pele negra você tem que descobrir seu subtom (Foto: Unsplash)Para escolher a base certa para a pele negra você tem que descobrir seu subtom (Foto: Unsplash)

Se você não sabe o subtom, a dica da Dani é observar as pessoas da sua família. “Tem índio, pessoas de pele retinta, de qual região da África seus avós vieram… isso ajuda muito. Outra dica é ir na loja e testar tudo para observar qual tom vai desaparecer entre o seu queixo, o pescoço e colo”, explica Dani. E na hora de testar, nada de passar a base na mão ou no braço, o teste deve ser feito direto no rosto.

Agora que você sabe isso, qual a única coisa que a mulher de pele negra deve evitar? base mais clara. “Porque deixa a pele mais acizentada e qualquer coisa que você coloca em cima fica pior”, diz Dani.

“A mulher negra pode usar tudo”, diz a maquiadora profissinal Dani Da Mata (Foto: Unsplash)

A maquiadora chamou atenção para um componente presente na maquiagem. “Tem que tomar cuidado com um componente que é o titânio, ele é um corante branco que estoura em todas as peles, então quanto mais tiver, mais ele vai evidenciar na pele negra. Não vai vir escrito ‘não use titânio’, mas só de você esfregar, já vai dar para perceber se o amarelo é de verdade, tipo um ocre, ou ele é meio esbranquiçado, que aí não vai servir para pele negra”, afirma Dani.

E O CORRETIVO?

Se você encontrou sua base, vai encontrar o corretivo, o pó, iluminador, blush, tudo!
“Existem três tipo de corretivo: de iluminação, de camuflagem, que deixa com cara de bonita só, e o que neutraliza, que são aqueles coloridos que esconde manchas e espinhas”, diz Dani.

A maquiadora Dani conta que para o dia a dia é melhor evitar a sombra prata (Foto: Reprodução / Instagram)A maquiadora Dani conta que para o dia a dia é melhor evitar a sombra prata (Foto: Reprodução / Instagram)

PRATA OU DOURADO?

“Prata está proibido para qualquer ser humano”, brinca ela. “É difícil de trabalhar em maquiagem social, que é a do dia a dia. Quando é passarela ou publicidade, ela funciona porque você consegue direcionar as luzes para aquele olho e tonalidade, quando não tem isso, a sombra prata não dá textura para o olho, fica uma cor chapada”, explica.

Para exemplificar quando o uso da sombra prata cai super bem, Dani lembrou do clipe de “I Like That” da cantora Janelle Monáe. “No dia a dia o melhor é usar pratas com misturinhas de marrom, para a pele negra é melhor, não deixa de ser prata, mas se aproxima ao tom da pele”, diz Dani.

O dourado fica bonito na pele negra porque é do subtom. “Por isso que é incrível, mas tentamos sair um pouco disso e usar outras cores. Tem muitas meninas negras que não usam sombra marrom, mas devemos usar sim. Todas as cores são possíveis, desde que você esfume bem e use uma de acordo com seu subtom de pele”, conta Dani.

BATOM NUDE PODE?

O subtom vai definir qual o batom nude certo para a pele negra. “É só você respeitar a cor do seu lábio, você pode fazer um contorno, deixar mais rosado ou vermelho, mas o ideal é respeitar a cor da sua boca”, explica Dani.

A mulher negra pode usar tudo, resume. “Não existe uma regra, para mim influencia o humor e a roupa que eu estou, mas temos que nos permitir testar, entrar em uma loja e ousar”.

Dani tem uma escola de maquiagem especializada em pele negra, a DaMata Make UP (Foto: Divulgação)Dani tem uma escola de maquiagem especializada em pele negra, a DaMata Make UP (Foto: Divulgação)

HIDRATAÇÃO JÁ!

Professora na escola DaMata Make UP, Dani diz que o que as mulheres negras devem fazer é hidratar a pele. “A pele negra tende a ser mais oleosa e é um benefício que a gente tem, dá um viço bonito e não vai envelhecer tão rápido“, diz.

A maquiadora aconselha a controlar a oleosidade em áreas-chave. “Geralmente o nariz, testa e queixo, e deixar o brilho natural nas outras áreas. A gente ficou tão acostumada a usar produtos matte que parece que não hidratamos a pele. Você pode ficar seca, mas tem que usar hidratante.”

A pele negra também precisa de hidratação, use produtos hidratantes e água termal (Foto: Reprodução / Instagram)A pele negra também precisa de hidratação, use produtos hidratantes e água termal (Foto: Reprodução / Instagram)

Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos SPFW Revista Epoca Vogue Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Melhores Agencias de modelos do Brasil Agencias de Modelos do Brasil Linksweb Neoplanos Agentes do Alem 3ICAP Premio de Moda AnuarioTI Governo Estadão – Caderno de Moda Beleza, Moda e Agencias de Modelos do Brasil Mural Fashion ID Porto Alegre Fashionlines Balenciaga Pebblebeb Sweetyus O Povo Hubblo Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Agencias de Modelos e Top Models UOL Estilo G1 Moda Jornal O Globo Folha S.Paulo Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL , LEQUIPE AGENCE, Way Model

Nanda Costa se declara para Lan Lahn: “Essa barra que é gostar de você”

Nanda Costa e Lan Lahn (Foto: Reprodução/Instagram)Nanda Costa e Lan Lahn (Foto: Reprodução/Instagram)

Nanda Costa adora brincar com as letras das músicas em seu Instagram pessoal e usou um trechinho da canção Cheia de Manias, do Raça Negra, para se declarar para sua namorada, Lan Lahn.

“Então me ajude a segurar essa barra que é gostar de você”, brincou ela enquanto segurava uma barra de supino na sala de musculação.

Como diria aquela antiga frase “a vida imita a arte”, a personagem de Nanda Costa, Maura, na novela Segundo Sol também assumiu um relacionamento com uma mulher, Selma, vivida pela atriz Carol Fazu.

Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos SPFW Revista Epoca Vogue Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Melhores Agencias de modelos do Brasil Agencias de Modelos do Brasil Linksweb Neoplanos Agentes do Alem 3ICAP Premio de Moda AnuarioTI Governo Estadão – Caderno de Moda Beleza, Moda e Agencias de Modelos do Brasil Mural Fashion ID Porto Alegre Fashionlines Balenciaga Pebblebeb Sweetyus O Povo Hubblo Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Agencias de Modelos e Top Models UOL Estilo G1 Moda Jornal O Globo Folha S.Paulo Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL , LEQUIPE AGENCE, Way Model

Negras empreendedoras: a empresária que desenvolveu maquiagem para negras

Rosane Terraggo (Foto: Divulgação)Rosane Terraggo (Foto: Divulgação)

Já comentei aqui como é comum no Brasil mulheres negras se queixarem da ausência de cosméticos que se encaixem no seu padrão estético, mas isso não impediu Rosane Terraggo de criar uma série de produtos acessíveis para diferentes tonalidades de mulheres negras. Segundo ela, a inspiração veio da própria maquiagem usada por Michelle Obama. Depois de escutar que existia a marca Black Opal com bases de 8 dólares e que a ex-primeira dama usava esses produtos no seu dia a dia, Rosane entendeu que precisava de algo parecido na loja que já administrava. Então criou sua própria linha de Divas Bllack, com bases para mulheres negras de diferentes tons a preço super acessíveis.

Sua ideia, que parece simples hoje, vai além: há pó translúcido, sombras, iluminador, gloss e pigmentos. Ela investe no marketing pelas redes sociais, ampliando cada vez mais a dimensão dos seus negócios para além da região sul do país. Por esses motivos Rosane é nossa entrevista para nossa série #negrasemprendedoras.

O que te motivou a se tornar uma emprendedora?
Rosane Terraggo:
Casei e fui mãe muito cedo, aos 17 anos, por isso concluí o ensino superior um pouco mais tarde. Os estudos na Unisinos, no Rio Grande do Sul,  fizeram com que ficasse um pouco distante do meu primeiro filho, hoje com 27 anos. Me formei em 2002 e para me especializar na profissão, fiz quatro pós-graduações. Uma delas foi em administração em marketing pela ESPM. Mas percebi que a história de estar longe da família estava se repetindo com minha filha. Por isso, decidi em 2014 me tornar empreendedora.

E como sua empresa, o Território da Beleza PoA, surgiu?
RT:
O Território nasceu em junho de 2014 como franquia de uma marca. Neste modelo de negócio me senti muito amarrada, porque os franqueadores não queriam investir em marketing, preferiam a contratação de  revendedoras de porta a porta. Mas este não era meu objetivo. Confesso que fiquei bastante frustrada, porque a franquia é do Nordeste e lá eles são fortes. Mas no Sul precisei convencer as pessoas de que os produtos eram muito bons e de que os valores estavam na média do mercado. Depois, passei a usar as redes sociais para apresentar os cosméticos ao público e mostrar clientes comprando. Conforme o tempo, percebi que não precisava mais estar por trás de uma marca apenas, mas poderia comercializar bons produtos de várias empresas. Pesquisei o que estava fazendo sucesso e que tinha um bom preço. Nosso grande diferencial, hoje, é que além de vender, ensinamos a cliente a usar o que está comprando. Damos uma consultoria de beleza e elas adoram. Foi assim que começamos a crescer.

Qual foi o maior desafio para se consolidar como empreendedora?
RT:
A ideia do Divas Bllack surgiu pela necessidade de haver produtos específicos para a pele negra. No início, também trabalhávamos com produtos para cabelos crespos e cacheados, nos tornando referência na região. Além disso, decidimos vender somente marcas que oferecem no catálogo ao menos um produto para a pele negra. Mesmo assim, não conseguimos atender todas as mulheres. Eu mesma tentava fazer a maquiagem delas. Sempre testamos as bases nas clientes que se dispõem a esta experiência, especialmente com aquelas que não conhecem seu tom de pele (e são muitas!) Apesar de a loja física ter somente 20m², fazemos muito barulho na internet com cursos, workshops. Foi assim que comecei a ganhar reconhecimento e credibilidade de diretores de grandes marcas. Procurei um deles para sugerir a criação em sua empresa de uma linha de base para vários tons de pele negra, pois muitas clientes se sentiam excluídas por não encontrarem um produto adequado. A princípio ele se empolgou e informou que iria se reunir com sua sócia. Em seguida, tive o retorno de que não era o momento de segregar as pessoas, então não seria correto criar uma linha somente para negras. Confesso que fiquei intrigada com a resposta, porque o conheço e não parecia ser preconceituoso. Então, olhei pra ele e me dei conta de que sendo branco de olhos claros ele não poderia compreender nossa dificuldade. Decidi desenvolver eu mesma esta linha. Em um curso sobre pele negra ouvi a especialista falar sobre uma base americana chamada Black Opal e que a então primeira dama Michelle Obama usava e recomendava, porque era um excelente produto e custava em torno de $8,00, ou seja, acessível. Eu entendi que era isso que eu queria, uma base de qualidade, que coubesse na bolsa e bolso das minhas clientes. Então foi a hora de convencer meu marido e sócio Carlos Alberto Regio Terragno a investir junto nesta linha.

Qual o diferencial dela para as grandes marcas que já estão vendo esse como um público alvo?
RT
: A Divas Bllack tem a tecnologia de color adapt que se adapta ao tom da pele sem acinzentar. A base foi desenvolvida por uma especialista em pele negra, contratada para nos auxiliar a entender os tons das negras brasileiras. Criamos bases que respeitam os fundos amarelos, neutro, oliva e azulados. A principal diferença com relação às grandes marcas é que as redes sociais são nosso maior marketing.

Qual sua principal inspiração para essa linha?
RT:
A Divas Bllack tem seis tons de bases para pele negra brasileira como carro chefe e as cores tem nomes de mulheres importantes na minha vida por ordem de cor: Rafaella é nome da minha filha (foi por ela que tudo começou), Rosane é o meu nome, Tais inspirada na Tais Araújo. Fui ver a peça “O Topo da Montanha” e me emocionei demais. Assim como a personagem também quero fazer a diferença na vida das pessoas. Conheci a Tais e ela me encoraja nesse sonho. A cor Duda é inspirada em uma influenciadora digital gaúcha, @negraecrespa, uma grande amiga e uma pessoa a qual admiro muito. A Duda está junto com a Divas desde  o início, ajudando em tudo. Sempre conversamos e a nossa afinidade é total, porque concordamos que a Divas Bllack é mais que um produto para vender, é um projeto de vida, é valorizar a beleza da mulher negra. A Duda também é uma grande inspiração e exemplo de uma grande mulher, pois como ela mesma diz; “tive o privilégio de ter uma família com melhores condições, sempre estudei em colégio particular, sou muito amada, mas tenho o compromisso com a minha raça, de mostrar o que realmente acontece, e ser uma inspiração para estas mulheres”. Maria é o segundo nome da minha mãe, ela simplesmente fez a mulher que sou hoje, é em homenagem a ela e a todas as Marias do Brasil e, Dandara, nossa guerreira quilombola.

Como você acredita que a maquiagem auxilia no processo de empoderamento de mulheres negras?
RT:
Acho que toda a mulher tem força e poder. Acredito que a mulher negra acaba “tendo que ter” um poder ainda maior, por todo o nosso histórico. O que eu vejo é que a maquiagem é aquele botão que lembra a cada uma nós, o nosso poder. Eu ainda atendo na loja em Porto Alegre, então já vi uma simples maquiagem operar milagres em uma mulher que está tendo um dia ruim ou que está passando por um momento difícil. Elas se olham no espelho e até o olhar modifica, a postura é realmente uma força que vem de dentro.

Sendo uma empreendedora negra, qual sua dica para outras mulheres, em especial afrodescendentes, que querem empreender?
RT:
O momento é este. Nós negros não aceitamos mais ficarmos invisíveis, estamos buscando nosso espaço. Então sim, queremos produtos e serviços específicos para nossa pele e raça, e temos dinheiro para pagar por eles. Hoje sou uma mulher muito realizada, porque estou colocando em prática meus sonhos. Não é nada fácil, ouvimos muitos nãos, muitas portas se fecham, muitas pessoas próximas duvidam e até torcem contra.  Mas tem uma conta que sempre fecha. Sonhar mais trabalhar é igual a realizar, então sonhe com algo que você ama fazer, trabalhe muito neste projeto e o torne realidade. As redes sociais são grandes aliadas, e ainda são ferramentas gratuitas. E Gratidão sempre!

Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos SPFW Revista Epoca Vogue Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Melhores Agencias de modelos do Brasil Agencias de Modelos do Brasil Linksweb Neoplanos Agentes do Alem 3ICAP Premio de Moda AnuarioTI Governo Estadão – Caderno de Moda Beleza, Moda e Agencias de Modelos do Brasil Mural Fashion ID Porto Alegre Fashionlines Balenciaga Pebblebeb Sweetyus O Povo Hubblo Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Agencias de Modelos e Top Models UOL Estilo G1 Moda Jornal O Globo Folha S.Paulo Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL , LEQUIPE AGENCE, Way Model

Você veste hip-hop? Costanza Pascolato atesta influência do gênero na moda

O processo criativo por trás das trilhas mais emocionantes da SPFW (Foto: Divulgação)O processo criativo por trás das trilhas mais emocionantes da SPFW (Foto: Divulgação)

Para quem faz hip-hop, falar através da música não é o suficiente – a moda também é forte via de expressão. Criado nos ano 1980, o gênero ultrapassou os limites das pick-ups e viu seu estilo explodir no universo fashion. Constanza Pascolato atesta o boom da cultura urbana.  

Sabia que você veste hip hop e não sabe? (Foto: Renan Olivetti @olivettirenan)
Você veste hip hop?  (Foto: Renan Olivetti @olivettirenan)

“Minha educação musical começou aos quatro anos, com meu pai me ensinando a escutar música clássica. Acompanhei a entrada da música negra na cultura ocidental e sei o quanto foi fundamental para todo som que foi produzido até hoje”, comentou a consultora de moda nos bastidores do SPFW

Sabia que você veste hip hop e não sabe? (Foto: Renan Olivetti @olivettirenan)
Você veste hip hop? (Foto: Renan Olivetti @olivettirenan)

Um exemplo: se você ama usar sneakers e marcas como Adidas, deve saber que a label virou sinônimo do hip-hop graças ao Run DMC (grupo de rap que causou um enorme impacto no desenvolvimento do hip hop), os primeiros a lançar uma coleção de moda icônica logo após o single My Adidas. Essa foi a primeira parceria entre uma grande empresa e o gênero musical, que abriu portas para outros grandes nomes do rap internacional como Kanye West, Pharrell Wiliams, Pusha T e Snoop Dogg.

Sabia que você veste hip hop e não sabe? (Foto: Renan Olivetti @olivettirenan)
Você veste hip hop? (Foto: Renan Olivetti @olivettirenan)

Os sneakers e os looks esportivos roubam a cena da vez, vide a febre do tênis branco e ugly sneaker que foram parar nas passarelas de grifes tradicionais, como Chanel, Balenciaga e Louis Vuitton.

“Tudo que é novo é filho do hip-hop. Se você olhar em volta, está todo mundo vestindo frutos dessa cultura em várias ocasiões da vida. Música, comportamento e moda: está tudo ligado”, finaliza.

Sabia que você veste hip hop e não sabe? (Foto: Renan Olivetti @olivettirenan)Sabia que você veste hip hop e não sabe? (Foto: Renan Olivetti @olivettirenan)

Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos SPFW Revista Epoca Vogue Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Melhores Agencias de modelos do Brasil Agencias de Modelos do Brasil Linksweb Neoplanos Agentes do Alem 3ICAP Premio de Moda AnuarioTI Governo Estadão – Caderno de Moda Beleza, Moda e Agencias de Modelos do Brasil Mural Fashion ID Porto Alegre Fashionlines Balenciaga Pebblebeb Sweetyus O Povo Hubblo Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Agencias de Modelos e Top Models UOL Estilo G1 Moda Jornal O Globo Folha S.Paulo Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL , LEQUIPE AGENCE, Way Model

Você veste hip-hop? Costanza Pascolato atesta influência do gênero na moda

O processo criativo por trás das trilhas mais emocionantes da SPFW (Foto: Divulgação)O processo criativo por trás das trilhas mais emocionantes da SPFW (Foto: Divulgação)

Para quem faz hip-hop, falar através da música não é o suficiente – a moda também é forte via de expressão. Criado nos ano 1980, o gênero ultrapassou os limites das pick-ups e viu seu estilo explodir no universo fashion. Constanza Pascolato atesta o boom da cultura urbana.  

Sabia que você veste hip hop e não sabe? (Foto: Renan Olivetti @olivettirenan)
Você veste hip hop?  (Foto: Renan Olivetti @olivettirenan)

“Minha educação musical começou aos quatro anos, com meu pai me ensinando a escutar música clássica. Acompanhei a entrada da música negra na cultura ocidental e sei o quanto foi fundamental para todo som que foi produzido até hoje”, comentou a consultora de moda nos bastidores do SPFW

Sabia que você veste hip hop e não sabe? (Foto: Renan Olivetti @olivettirenan)
Você veste hip hop? (Foto: Renan Olivetti @olivettirenan)

Um exemplo: se você ama usar sneakers e marcas como Adidas, deve saber que a label virou sinônimo do hip-hop graças ao Run DMC (grupo de rap que causou um enorme impacto no desenvolvimento do hip hop), os primeiros a lançar uma coleção de moda icônica logo após o single My Adidas. Essa foi a primeira parceria entre uma grande empresa e o gênero musical, que abriu portas para outros grandes nomes do rap internacional como Kanye West, Pharrell Wiliams, Pusha T e Snoop Dogg.

Sabia que você veste hip hop e não sabe? (Foto: Renan Olivetti @olivettirenan)
Você veste hip hop? (Foto: Renan Olivetti @olivettirenan)

Os sneakers e os looks esportivos roubam a cena da vez, vide a febre do tênis branco e ugly sneaker que foram parar nas passarelas de grifes tradicionais, como Chanel, Balenciaga e Louis Vuitton.

“Tudo que é novo é filho do hip-hop. Se você olhar em volta, está todo mundo vestindo frutos dessa cultura em várias ocasiões da vida. Música, comportamento e moda: está tudo ligado”, finaliza.

Sabia que você veste hip hop e não sabe? (Foto: Renan Olivetti @olivettirenan)Sabia que você veste hip hop e não sabe? (Foto: Renan Olivetti @olivettirenan)

Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos SPFW Revista Epoca Vogue Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Melhores Agencias de modelos do Brasil Agencias de Modelos do Brasil Linksweb Neoplanos Agentes do Alem 3ICAP Premio de Moda AnuarioTI Governo Estadão – Caderno de Moda Beleza, Moda e Agencias de Modelos do Brasil Mural Fashion ID Porto Alegre Fashionlines Balenciaga Pebblebeb Sweetyus O Povo Hubblo Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Agencias de Modelos e Top Models UOL Estilo G1 Moda Jornal O Globo Folha S.Paulo Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL , LEQUIPE AGENCE, Way Model

Sobremesa chique: aprenda a fazer trufas negras

Trufa Negra (Foto: Divulgação)Trufa Negra (Foto: Divulgação)

Ingredientes
Praliné cremoso
1.190 g de creme de leite fresco
595 g de pasta de avelã
595 g de confeito de avelã
119 g de trufa negra

Sorvete
490 g de leite
870 g de creme de leite fresco
725 g de gema de ovo
483 g de açúcar
193 g de açúcar invertido
242 g de trufas negras

Chantilly de avelã
1.610 g de infusão de avelã*
161 g de leite em pó integral
1.610 g de creme de leite fresco
322 g de açúcar
322 g de clara de ovo
483 g de leite concentrado não adoçado
225 g de trufa negra
268 g de gelatina

* Infusão de avelã
1.340 g de leite
268 g de avelã

Gianduia de chocolate e trufa
2.070 g de leite
2.720 g de gianduia em barra
217 g de trufa negra

Montagem 
Chocolate derretido a gosto
Biscoito tipo inglês a gosto
Flocos de ouro a gosto

Modo de preparo
Praliné
Ferva o creme de leite e emulsione-o sobre a pasta, o confeito e a trufa. Guarde a 4 °C por 12 horas.

Sorvete
Faça um creme fino com o leite, o creme, as gemas e os açúcares. Despeje sobre a trufa moída em pedaços grandes, em um cilindro de sorvete. Congele. Misture com uma máquina Pacojet duas vezes antes de usar.

Chantilly
Com o creme fervente, faça uma infusão com a trufa por 20 minutos. Reserve por 12 horas. Misture todos os ingredientes e ponha no sifão. 

Infusão de avelã
Asse as avelãs a 140 °C por 20 minutos. Esmague-as e misture ao leite fervente. Depois de três horas, peneire e armazene a 4 °C.

Gianduia
Em leite fervente, adicione a gianduia e a trufa. Misture e guarde a 4 °C. Reaqueça no microondas.

Montagem
Desenhe um círculo de 12 cm em uma placa de chocolate. Polvilhe com ouro e tire o excesso. Coloque um círculo de 6 cm no centro e pique a avelã trufada. Polvilhe uma mistura de biscoito inglês e avelãs. Decore a trufa em açúcar meio soprado com o sifão de avelã. Coloque uma colher de sorvete de baunilha e trufas no centro do sifão. Feche a trufa com um disco de 5 cm de diâmetro. Coloque-a no centro do prato. Arrume três fatias de trufa. Despeje um fio de gianduia quente.

Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos SPFW Revista Epoca Vogue Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Melhores Agencias de modelos do Brasil Agencias de Modelos do Brasil Linksweb Neoplanos Agentes do Alem 3ICAP Premio de Moda AnuarioTI Governo Estadão – Caderno de Moda Beleza, Moda e Agencias de Modelos do Brasil Mural Fashion ID Porto Alegre Fashionlines Balenciaga Pebblebeb Sweetyus O Povo Hubblo Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Agencias de Modelos e Top Models UOL Estilo G1 Moda Jornal O Globo Folha S.Paulo Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL , LEQUIPE AGENCE, Way Model

Selva Almada critica peso da religião em legalização de aborto no Brasil

Mulheres argentinas vão às ruas para protestar pela legalização do aborto no país (Foto: Getty Images)Mulheres argentinas vão às ruas para protestar pela legalização do aborto no país (Foto: Getty Images)

“Educação sexual para decidir, anticoncepcionais para não abortar, aborto legal para não morrer”. Foi sob essas palavras de ordem que 129 deputadas e deputados argentinos aprovaram a descriminalização do aborto no país.

Em votação acirrada, indefinida até os últimos minutos, o projeto de lei que defende a legalização da interrupção voluntária da gravidez até a 14ª semana passou pela Câmara dos Deputados, em Buenos Aires, e agora segue para o Senado. “Havendo aprovação no Senado, existe uma terceira instância, a sanção presidencial. O presidente Mauricio Macri já se pronunciou publicamente dizendo que não iria exercer seu direito de veto, mas não há como ter certeza até o fim do processo todo”, explica a advogada argentina Ana Casarin.

Macri tem dez dias para vetar. Se não o fizer, a lei deve ser publicada no Boletim Oficial e, se não for estipulado um prazo diferente no próprio texto, ela passará a ter vigência oito dias após a publicação. “Porém, para o efetivo exercício do direito, para que as mulheres possam ir na rede pública e ter acesso ao aborto num hospital público, de maneira gratuita e segura, a lei ainda precisa ser regulamentada”, esclarece Ana.

Em entrevista, a escritora argentina Selva Almada, que se opõe ao atual governo, disse que Macri fez o que qualquer governante deve fazer: colocar suas crenças pessoais de lado, abrir o debate, permitir que os cidadãos se pronunciem e que os legisladores trabalhem. “Não sei quais são suas razões mais íntimas, e também não me importo. Há algumas horas, 129 deputados votaram a favor da legalização do aborto graças à luta das mulheres nas ruas.”

Uma das convidadas da Feira Literária de Paraty (Flip) deste ano, Almada é autora do livro do livro Garotas Mortas (ed. Todavia, 128 págs., R$ 40,90), investigação sobre três feminicídios que ocorreram na Argentina logo após a redemocratização do país.  

A escritora argentina Selva Almada (Foto: Divulgação)A escritora argentina Selva Almada (Foto: Divulgação)

Mortes maternas

“A clandestinidade mata”, pontuou a deputada argentina Victoria Donda Perez na defesa de seu voto. Seu pensamento é amplamente difundido entre as mulheres do país, que fazem questão de reforçar que essa batalha já vem sendo travada há anos. “Nos últimos meses, o debate se deu aos gritos, em voz alta, mas não começou agora. Podemos dizer que agora tomou a sociedade. Todos e todas nos animamos a falar de algo que era um segredo aberto: o aborto existe, são 500 mil por ano, a questão é descriminalizá-lo”, defende Almada.

Segundo a Anistia Internacional, o aborto é a principal causa de morte materna (quando mulheres morrem durante ou até 42 dias após o término da gestação, independentemente da duração ou localização da gravidez) em 17 das 24 províncias argentinas.

“Apesar de a geração da vida exigir duas pessoas, os ônus da gravidez recaem única e exclusivamente sobre a mulher”, diz a advogada Marina Ganzarolli, fundadora da rede feminista de juristas deFEMde. A descriminalização da prática traria a “melhora dos índices de mortalidade materna e dos indicadores gerais de saúde sexual e reprodutiva das mulheres.”

Do lado de cá da fronteira

No Brasil, o aborto é crime para o qual existem três exceções: quando há risco de morte para a mãe, quando a gravidez é decorrente de estupro e em casos de feto anencéfalo. “Duas delas são legais, escritas no código penal. A terceira foi conquistada por jurisprudência, por decisão do Supremo Tribunal Federal”, explica Marina.

Todas as outras possibilidades são criminalizadas. “Isso faz com que agentes de saúde, médicos e enfermeiros tenham receio de realizar o procedimento, inclusive em casos legais. Muitos alegam objeção de consciência e não garantem a lei. Em alguns estados, essa é a primeira causa da morte materna, como por exemplo na Bahia, que é o estado com mais mulheres negras no Brasil.”

“O aborto já existe para mulheres brancas com privilégios econômicos. Então, quando a gente fala de direito ao aborto, fala de direito à vida”

Para ela, a questão ainda vai além da saúde pública e recai na liberdade e autonomia sobre o corpo. “Um dos mitos que envolvem o debate é que a legalização geraria um aumento no número de procedimentos, o que é a maior falácia do universo. Países que legalizaram o aborto e têm extensas pesquisas baseadas em evidências viram o número cair”, pontua.

Diferentemente da Argentina, pesquisas apontam que o tema do aborto divide opiniões entre a população brasileira, mas a maioria ainda é contra. Um levantamento do Latinobarômetro de 2015 aponta que 50,3% dos brasileiros defendem que o aborto “nunca é justificável”.

Brasileira também protestaram pelos direitos das mulheres em setembro de 2017 (Foto: Getty Images)Brasileira também protestaram pelos direitos das mulheres em setembro de 2017 (Foto: Getty Images)

Selva Almada acredita que o fato se dá pela influência da igreja no país. “Além do enorme peso da igreja católica, vocês também têm a popularidade da igreja evangélica”, diz. Na Argentina, existe uma melhor separação entre a igreja e o Estado. “No papel, somos países laicos, mas na prática, infelizmente, o catolicismo pesa nas decisões do Estado.”

“Espero que a Argentina abra um precedente para outros países da América Latina, porque obviamente não somos o único país em que as mulheres pobres morrem por abortar clandestinamente”

ADPF 442

A ministra Rosa Weber, relatora da Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 442, convocou uma audiência pública para debater a criminalização do aborto até a 12ª semana de gestação. O objetivo é que o STF exclua do Código Penal a interrupção da gestação induzida e voluntária nas primeiras 12 semanas.

Marina Ganzarolli diz que a decisão na Argentina é positiva para o Brasil. “O principal impacto é movimentar a esfera pública e o debate na mídia, na família e nas escolas sobre a necessidade de rever a política pública e o acesso aos direitos sexuais reprodutivos das mulheres.”

Dado o atual contexto político do Brasil, no entanto, Marina não acredita que esse direito seja conquistado neste momento. “O STF não quer se colocar na berlinda com tamanha instabilidade política e ainda não tem maioria para ampliar, legalizar e descriminalizar o aborto no Brasil.”

A advogada Vivian Ferreira, também integrante da deFEMde, destaca ainda a falta de tempo hábil para a aprovação de uma pauta como essa antes das eleições e o desinteresse do governo Temer na pauta. “A questão é bastante polêmica e o governo está em uma condição complicada do ponto de vista de legitimidade, com baixíssimo índice de aprovação. Não poderia correr o risco de perder o apoio dos setores conservadores, que o sustentam, a poucos meses do processo eleitoral”, diz.

A audiência pública será realizada no plenário da 1ª Turma do Supremo, nos próximos dias 3 e 6 de agosto, a partir das 8h40.

Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Agencias de Modelos BH Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos SPFW Revista Epoca Vogue Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Melhores Agencias de modelos do Brasil Agencias de Modelos do Brasil Linksweb Neoplanos Agentes do Alem 3ICAP Premio de Moda AnuarioTI Governo Estadão – Caderno de Moda Beleza, Moda e Agencias de Modelos do Brasil Mural Fashion ID Porto Alegre Fashionlines Balenciaga Pebblebeb Sweetyus O Povo Hubblo Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Agencias de Modelos e Top Models UOL Estilo G1 Moda Jornal O Globo Folha S.Paulo Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL , LEQUIPE AGENCE, Way Model